Páginas

terça-feira, janeiro 31, 2012

O que é compulsão alimentar?

Editorial07_large
Sou a pior pessoa do mundo pra falar de dietas, alimentação saudável e anti-sedentarismo, pelo fato de eu ser uma fail total em minhas tentativas de ser saudável ou de manter a dieta, e ao mesmo tempo sou a melhor pessoa do mundo pra falar desse tipo de coisa, porque sei muito sobre o assunto (só não pratico meus conhecimentos para mim), e, é claro, não quero que ninguém comece a querer ter uma vida saudável e seja fail como eu. Primeiro, temos que saber diferenciar fome e vontade de comer. São coisas diferentes, e a ''vontade de comer'', muitas vezes é afetada por fatores emocionais, como nervosismo e estresse.

Primeiro, vou falar sobre um problema que eu, e acredito que muitas meninas e meninos já passaram: um transtorno alimentar chamado ''compulsão''...

''A compulsão alimentar é um transtorno alimentar comum, em que um indivíduo consome regularmente uma grande quantidade de comida de uma vez só, ou constantemente, mesmo quando não tem fome ou se sente fisicamente desconfortável por comer tanto. Ao contrário dos bulímicos, quem come compulsivamente não purga depois de comer em excesso, nem pratica com frequência exercício em excesso na tentativa de queimar calorias. A compulsão alimentar pode ocorrer em pessoas de qualquer sexo, raça, idade ou estrato socioeconómico e, como quem sofre do transtorno de compulsão alimentar aumenta com frequência de peso ou se torna clinicamente obeso, torna-se passível de contrair uma grande variedade de doenças. Infelizmente, não há uma cura reconhecida para o transtorno de ingestão compulsiva, mas existe uma variedade de opções de tratamento que podem ser exploradas quando o transtorno é diagnosticado.

Há os sinais...

Quem sofre do transtorno de compulsão alimentar consome grandes quantidades de comida de uma só vez ou come constantemente durante um determinado período (por exemplo, durante uma festa de aniversário ou na Consoada) mas não purga ou se liberta da comida depois. O transtorno de compulsão alimentar é habitualmente reconhecido por outros devido aos hábitos alimentares de um indivíduo, tais como:

● Ingerir uma quantidade excessiva de comida, mesmo quando não tem fome;
● Comer até se sentir desconfortavelmente cheio ou mesmo agoniado;
● Esconder hábitos alimentares devido a vergonha ou embaraço;
● Esconder comida para episódios de voracidade;
● Esconder embalagens vazias ou caixas de alimentos e gerar lixo em excesso;
● Comer constantemente enquanto houver comida disponível;
● Comer quando está sob pressão ou se sente psicologicamente diminuído/a;
● Sentir-se subjugado/a, envergonhado/a e/ou culpado/a durante e/ou depois de um episódio de voracidade;
● Exprimir repugnância em relação a hábitos alimentares, peso, corpo ou aparência;
● Expressar descontentamento com a aparência, peso ou auto-estima. '' 
(via alimentaçãosaudavel.org)


Aposto que muita gente tem e nem sabia, né? E eu sei bem como é ruim, porém, a medida mais necessária é chamada FORÇA DE VONTADE. Não tem uma cura especifica para esse disturbio, mas muita médica aconselha terapia, conversas com família e pessoas próxima sobre coisas que precisam mudar, e claro, uma nutricionista que ajude organizar sua alimentação, ah, e sabia que o exercicio fisico ajuda a diminuir a ansiedade? Maaaaaaaas lembre que as coisas só mudam quando você muda. Então, não adianta querer se controlar ou deixar a compulsão de lado, e você mesmo não se controla. Lembrem que este não é um problema anormal ou que dê vergonha de ter, apenas existe, e há uma solução: ter vontade e agir para que as coisas mudem.

Fiz este post por uma única razão: eu sofria de uma compulsão em níveis menores, mas sei como é isso. Meu nervosismo e minha ansiedade sempre foram em níveis bem altos, e a minha solução era procurar a comida. Desde pequena fui muito gordinha, e sempre tenho essas épocas ''engorda, emagrece, engorda, emagrece'', e resolvi, a partir de hoje, tentar controlar mais isso,  me mantendo mais ''calma'', e me ocupando (ainda mais), ao invés de ficar tão dependente de comida direto, e espero que vocês estejam nessa comigo, tá certo? :P

Beijos e se cuidem!

3 comentários:

Fernando disse...

A compulsão alimentar é uma desordem muito mais grave do que a que você relata ter tido. Trata-se de um indivíduo que consegue ingerir grandes quantidades de alimentos de uma unica vez e que seriam absurdas para qualquer outra pessoa, inclusive para adultos que comam muito. Não são vontades ocasionais de comer doces e salgadinhos em excesso que diagnosticam o quadro. É um quadro grave, e é um distúrbio psicológico que portanto deve ser tratado e diagnosticado com um especialista. Alerto para que não confundam "desejos alimentares ocasionais e/ou esporádicos" com "compulsão alimentar".

MilkShakedeMenta disse...

Legal voce fazer sobre isso.
Passei uma epoca com bulimia e inicio de anoxeria .. mas meu namorado me deu a força de vontade de parar com isso. de vez enquando tenho pensamentos ainda, mas nada concreto. Parabens pelo post.

Beatriz Leite. disse...

Pois é Fernando, acho que foi o que eu pus aí no post né? A coisa é bem séria mesmo.

E ''MilkShakedeMenta''...obrigada pelo elogio, e fiquei bem feliz por voce ter conseguido superar uma doença tão séria como a bulimia! Foco, força e fé sempre!