Páginas

domingo, março 06, 2011

“Não compreendo ainda quem sou, mas estou a procura de mim.”

Tumblr_lhn8bhwwq91qb4ltso1_500_large
Por quantas vezes não parei e pensei porque sou assim... É, aquela velha pergunta clichê que todo mundo faz quando passa por um problemão e não entende porque fez tanta burrada até hoje. Aquela velha história de poder ser melhor sem fazer por onde, que aliás eu odeio. Viver, ver, rever e reviver, em busca de uma identidade menos antiga, sem nexo e menos em busca do que não posso encontrar.
Por bobeira, sempre antes de fazer algo pensei tanto que acabei desistindo, depois adquirindo uma grande parcela de culpa do que eu não queria. E por inconsequência, sempre fazia o errado primeiro pra depois fazer o certo. Sem medo de errar, fui progredindo nas minhas decisões sem deixar ninguém atrapalhar o que passei tanto tempo construindo, a minha imagem principalmente. Sou bobona mesmo e de vez em quando fico mal com o que dizem de mim, mas afinal, quem são os outros, se opinião pra mim melhor que a minha não existe não é?
Prefiro ser a chata, fria, incompreendida que é rotulada disso e muito mais por quem não conhece do que ser aquela que sai toda distribuindo falsidade até pra parede pra tentar agradar todo mundo e depois ser apunhalada por quem eu mais confio. Sou da lei de que tudo que vai volta, e se eu plantar sinceridade, já sei o que colherei.
Não se preocupe com o que o mundo pensa de você, você sempre vai superar suas próprias expectativas sem precisar provar nada pra ninguém, porque o mais importante já foi provado: Você É capaz!

3 comentários:

listrasparanormaisblog disse...

Se tem uma coisa pela qual não aguardo, é descobrir quem sou :D

Belo blog Beatriz, já sigo. Beijos.

http://listrasparanormais.blogspot.com

Pri disse...

Oii!
Adorei o post!!
Da uma passadinha no meu blog?
Quero te convidar a participar do SORTEIO!!
E, se você ainda não me segue, e se interessar, vira minha seguidora? *-*
Tem muitos sorteios a caminho!!


beijinhos
Pri
@prikuwer
http://sbpri.blogspot.com/

Hatinha disse...

"Prefiro ser a chata, fria, incompreendida que é rotulada disso e muito mais por quem não conhece do que ser aquela que sai toda distribuindo falsidade até pra parede pra tentar agradar todo mundo e depois ser apunhalada por quem eu mais confio"
A-M-E-I o post e eu também com tudo isso que vc disse

bjuu
http://docomeco-hata.blogspot.com/