Páginas

sábado, abril 16, 2011

Meus três amores.

Tumblr_lhbmbrr5ug1qbjjl8o1_500_large
Um eu criei, fruto de minha imaginação. Existia para diminuir minha possessão sobre tudo. O segundo, era platônico, do tipo impossivel de se encontrar. Ele existe, mas em outro lugar, distante. O terceiro, era instável, carinhoso, bonito e real, que ja me fez passar por momentos maravilhosos.

O primeiro gostava de me ver dormir, me ver sonhar, e lá ele me encontra, dentro de minha cabeça. O segundo, eu posso ver a hora que eu quiser, fotos não faltam, e ele sempre será perfeito. O outro, vejo toda semana, recebo abraços, beijos, e posso brincar e rir com ele.

Um nunca me abandonará, mesmo quando eu estiver rodeada de pessoas, ele vai permanecer dentro de mim. O outro vai evoluir, deixar sua carreira, se aposentar, casar e envelhecer, mas continuarei apaixonada por ele, esteja onde estiver. Mesmo que eu nunca possa conhece-lo.

O real eu poderei sentir enquanto durar, poderei apreciar sua beleza durante inumeros dias, poderei toca-lo e terei a sensação de que será para sempre, enquanto durar.

O imaginario está aqui dentro, bem guardado, esperando alguém para dividir a moradia. O impossivel sera sempre aquela pessoa que diz que é possível sonhar, e realizar mais ainda, afinal foi o que ele fez. E o real, será uma lembrança, ou uma parte de mim, se for possivel fazer isso durar, se realmente for amor.

O meu irreal com seu amor e compreensão de tudo que acontece dentro e fora de mim, a ele eu dou o nome de alter ego. O platônico com sua beleza enorme e seu enorme esforço recebe o nome de ídolo. E por fim, o meu real, que consegue me fazer sorrir do nada só de pensar nele, que sabe me amar de um jeito improvável e impossível por quem eu sou irrevogavelmente apaixonada .



texto antigo, editei e repostei.

2 comentários:

Garota Ambulante disse...

Nossa que lindo. emocionei *-*

Beatriz Leite. disse...

owwww *-*