Páginas

terça-feira, maio 10, 2011

Pós-você


Sabe, depois de você as coisas mudaram, mudaram muito. Sabe a pessoa boba que você conheceu? Ela não existe mais. Existe alguém com um sorriso no rosto, com a cabeça erguida, porém alguns hábito não mudaram.
Ainda não gosto de encarar as pessoas, ainda tenho crises de riso, ainda amo tirar fotos. Ainda me arrependo.
Não sei de quê, não sei como, mas quando lembro de você, me vem palavras como 'passado', 'arrepender', e 'voltar'. Passado... essa me traz um turbilhão de coisas de uma vez só, porque me lembro de você pequeno, quando nos conhecemos. Me lembro de quando a gente brigava e voltava a ser amigos de novo; Arrepender é uma coisa complicada, não sei bem o que eu fiz, acho que foram coisas que multiplicaram, do mesmo jeito que eu tenho certos sentimentos creio que você tem também, não é? Creio que o Voltar está bem unido com as outras palavras... Quando eu falei que brigávamos e voltávamos a ser amigos, sorrio só de lembrar. Não pelas brigas, não pelas caras feias e ciúmes, mas porque a última vez que nos falamos estávamos tão bem, e não foi preciso briga para o fim acontecer. Aliás nem sei o que foi preciso. Só lembro de eu e você, totalmente distantes e paralelos, até hoje, afinal.
Sabe como é querer voltar no tempo e só reviver tantos momentos bons, e tentar ver qual foi nosso erro, nosso problema? Dizer que eu queria tudo de novo seria uma grande mentira, mas dizer que eu apenas preciso de um sorriso, de um abraço, de uma piada daquelas, isso sim é verdade. É verdade também que depois de tantas eu sinto vontade de chorar, só que mais ainda de continuar e ir em frente, pois vejo que você ainda olha pra mim.
Mas é assim mesmo: respirar fundo e seguir em frente.

1 comentários:

Andreza Cavalera disse...

Mto legal seu blog!
Dá uma passada lá no meu e me siga tbm!
♥ღ Mulheres Que Amam Errado ♥ღ
http://mulheresqueamamerrado.blogspot.com